Artigos Sobre Aumentar o Pênis

Como Tratar Problemas de Ereção com Tratamentos e Suplementos Naturais

Durante séculos, os homens tentaram todos os tipos de tratamentos naturais para a incapacidade repetida de obter ou manter uma ereção firme o suficiente para conseguir ter relações sexuais satisfatórias. Mas será que eles realmente funcionam?

Simplesmente não há reconhecimento científico neste ponto. No entanto muitos extratos de ervas, plantas e arvores são reconhecidos à milhares de anos pelas suas propriedades para aumentar o poder das ereções masculinas e, os suplementos de qualidade feitos nos dias de hoje utilizam esses mesmos ingredientes milenares.

Portanto, se a toma de certos extratos vegetais, vitaminas e aminoácidos têm ajudado os homens ao longo de muitos anos a aumentar as suas ereções e desempenho na cama é de calcular que os suplementos, que contêm a dose exata de cada ingrediente para oferecerem os melhores resultados sem apresentarem efeitos secundários desagradáveis possam ser igualmente efetivos.

Possíveis doenças que causam problemas de ereção

doenças que causam problemas de ereçãoNo entanto só porque existem alguns suplementos naturais que podem ajudar a aumentar as ereções é prudente que antes que os homens com problemas em conseguirem uma boa ereção optem pela via naturopática, se certifiquem de que não há alguma condição médica subjacente que precise ser corrigida.

Porque se estima que mais de metade dos problemas de ereção são resultado de uma condição potencialmente perigosa que bloqueia o fluxo sanguíneo, como aterosclerose, doença renal, doença vascular, doença neurológica, ou diabetes. Além disso, também pode ser causado por certos medicamentos, lesões cirúrgicas e problemas psicológicos.

Por isso, se você sofre ou pensa que pode sofrer de alguma destas doenças, que possam ser a causa do seu problema de ereção aconselha-se que consulte um médico e trate primeiro essa condição, pois tratando a causa pode conseguir resolver o problema.


Possíveis causas naturais dos problemas de ereção

Na maioria das vezes as ereções tornam-se mais fracas e mais curtas devido à idade. À medida que envelhecemos a tendência é para o nosso desempenho na cama começar a sofrer com isso.

Não é igual para todos os homens, pois muitos conseguem manter boas ereções e uma vida sexual ativa até uma idade avançada. Infelizmente muito começam a sofrer os primeiros efeitos bastante cedo, principalmente devido ao estilo de vida que levam.

Por norma os homens das grandes cidades sofrem mais precocemente com este problema devido à vida mais estressante que levam, tanto a nível particular, como profissional ou mesmo familiar.

O estresse e uma alimentação desequilibrada, onde faltem os vegetais de cores fortes, principalmente avermelhados, são os culpados mais frequentes, pois afetam alguns dos aminoácidos essenciais à obtenção de uma boa ereção, como o óxido nítrico, responsável pela dilatação das veias sanguíneas responsáveis pelo afluxo de sangue ao pênis, e a testosterona, a principal hormona masculina, não apenas responsável pela capacidade de obter uma ereção, mas também responsável pelo nosso desejo sexual (aumentar a libido).

Problemas psicológicos, relacionados com uma vida sexual aborrecida e repetida, ou com outros problemas que afetem a vida do dia-a-dia, são também um dos responsáveis pelos problemas em obter ereções que os homens enfrentam.

Se a cabeça de um homem anda ocupada com pensamentos negativos relacionados com a própria relação, com problemas no trabalho ou financeiros, a sua capacidade para se concentrar no ato sexual pode ser severamente afetada. Felizmente os suplementos naturais costumam dar uma resposta eficaz neste caso, pois ajudam a relaxar a cabeça e a estimular o desejo pelo incentivo de várias hormonas masculinas.

Tratamentos naturais para problemas de ereção

Tratamentos naturais para problemas de ereçãoPor isso, se você é relativamente saudável, mas já não consegue obter uma boa ereção como antes, ou mante-la durante o tempo que gostaria de conseguir, optar por um tratamento natural à base de suplementos feitos de ervas e outros extratos vegetais pode ser uma boa solução para o seu caso.

No entanto, se o homem quer ter ereções mais duras, fazer mudanças no estilo de vida e na dieta, tomar suplementos e experimentar outros tratamentos, tudo isso junto pode ajudar. Mas a comunicação com a parceira sexual e a abordagem de quaisquer fatores psicológicos e emocionais também pode ajudar.

Em alguns casos, problemas persistentes de ereção podem ser um sintoma de uma condição emocional subjacente.

Para além da escolha de um bom suplemento, que funcione, e tendo cuidado para não cair na armadilha dos suplementos falsificados, que abundam na Internet, há outras coisas que em conjunto com a suplementação podem dar uma boa ajuda.

Mantenha uma dieta saudável

Fazer certas mudanças no estilo de vida e na dieta pode ajudar uma pessoa a ter ereções mais fortes e duradouras. Comer uma dieta que apoia a saúde do coração também pode ajudar a apoiar a saúde do pênis.

De acordo com um estudo do Jornal Central Europeu de Urologia seguir a dieta mediterrânea pode ajudar a manter a função erétil, mesmo em idades avançadas. A adoção de uma dieta mediterrânea pode ajudar a reduzir vários fatores de risco que levam a ereções débeis.

dieta mediterrâneaUma dieta mediterrânea consiste em:

  • Comer abundância de frutas e vegetais
  • Comer nozes e grãos inteiros
  • Comer leguminosas, tais como lentilhas, ervilhas e feijões
  • Utilizar azeite (óleo de oliveira) como a gordura principal
  • Fazer um consumo moderado de peixe, principalmente peixes gordos
  • Fazer um consumo moderado de vinho tinto, tal como um copo de vinho com as refeições
  • Ter um baixo consumo de laticínios e carne
  • Eliminar ou reduzir fortemente o consumo de produtos conservados, como chouriço, presunto, queijo, conservas em lata, salchichas e outros enlatados.

Faça exercício regularmente

Várias pesquisas confirmam que o exercício pode melhorar as respostas sexuais, enquanto que a falta de atividade física pode afetar negativamente a função erétil. O exercício aumenta o fluxo sanguíneo para o pênis, assim como no resto do corpo. As pessoas devem procurar obter um mínimo de 30 minutos de exercício todos os dias.

Quando me refiro a exercício físico não me refiro a ter que entrar na academia para fazer exercícios de musculação ou algo do género.

Dois dos melhores exercícios que se podem fazer, que ajudam a melhorar as ereções e não causam efeitos nocivos, principalmente para os homens que já passaram dos 40 anos, é a caminhada e a natação.

Uma simples caminhada em passo forte, mas sem correr, pode fazer maravilhas pela sua vida sexual.

Explorar coisas novas

Fontes informais sugerem que a exploração de novas abordagens sexuais podem ter um efeito positivo sobre as ereções. Por exemplo, as seguintes coisas podem ajudar uma pessoa a ter e manter ereções mais duras:

Focar-se menos no desempenho sexual e mais nas sensações de prazer que dá e recebe da sua parceira, tentando encenações novas ou aumentar o tempo dos preliminares, para aumentar a excitação antes da penetração, podem fazer um aumento natural de endorfinas no cérebro que ajudam a obter e manter melhores ereções.

Aliás, os melhores suplementos também são constituídos por alguns extratos vegetais que funcionam no estímulo dessas endorfinas.

Manter um peso moderado

A manutenção de um peso moderado através de exercícios regulares e uma dieta saudável pode desempenhar um papel bastante importante na obtenção e manutenção de melhores ereções.

Ter excesso de peso pode ser um fator de risco para várias doenças que afetam a circulação sanguínea, como a diabetes. E os níveis descontrolados de açúcar no sangue, devido à diabetes, podem causar danos aos nervos e vasos sanguíneos, principalmente na zona peniana.

Os danos aos nervos e a má circulação podem reduzir o fluxo sanguíneo para o pênis, tornando mais difícil obter uma ereção dura ou de longa duração.

A perda de peso pode ajudar a melhorar as ereções reduzindo a inflamação, aumentando os níveis de testosterona e aumentando a autoestima (se isso for um problema).

Dormir bem

Dormir bem.

Pesquisas sugerem que a interrupção do sono, a falta de sono e os distúrbios do sono podem todos afetar o poder das ereções. O sono pode afetar a função erétil, e há ligações entre problemas de ereção e distúrbios do sono.

Alguns estudos que analisaram a ligação entre os níveis de testosterona e o sono mostraram também que a restrição do sono reduziu fortemente os níveis de testosterona, que desempenha um papel importante no comportamento sexual e na libido do homem.

Garantir um sono de boa qualidade pode ajudar a reduzir a probabilidade de sofrer de problemas de ereção e melhorar a função sexual, para além de contribuir para baixar o estresse, outros dos grandes “culpados” por fracas e curtas ereções.

Felizmente os suplementos também ajudam o homem a relaxar e a melhorar a parte psicológica, que por norma causa distúrbios do sono, para além de ajudarem a aumentar os níveis de testosterona naturalmente. Veja o que recomendamos no link ao fundo.

Conclusão

Uma pessoa pode ser capaz de ter ereções mais duras fazendo certas mudanças na dieta e no estilo de vida, assim como ter conversas abertas com sua parceira sexual.

Mas se um homem está tendo problemas de ereção persistentes, ele pode conversar com um médico para determinar a causa, pois em alguns casos, problemas eréteis podem indicar uma condição subjacente. Tratar ou controlar essa condição pode muitas vezes ajudar a tratar as ereções débeis.


 
Artigos Relacionados
 
g
go